Blog

Tailândia

  • Compartilhe
  • Postado em 21/11/2018
  • Por Marketing TGK
  • Visto 101 vezes
Tailândia

A Tailândia é o país dos largos sorrisos e da hospitalidade. SAWASDEE KA! A SAUDAÇÃO SE VOCÊ É MULHER SAWASDEE KRAB! A SAUDAÇÃO SE VOCÊ É HOMEM

 

É também o país preferido de muitos viajantes que nele encontram templos únicos, praias paradisíacas e uma fina gastronomia muito renomada no mundo pela riqueza de sabores orientais.

A rica história da Tailândia remete a 10.000 anos atrás no vale do Rio Mekong onde talvez os primeiros agricultores do mundo tenham vivido. Ao longo dos séculos muitos períodos se sucederam, alguns prósperos, outros marcados por terríveis e sangrentas invasões, e foi em 1939 que o nome oficial do país, Sião, foi substituído pelo de Tailândia – o nome provém do sânscrito pradesha que significa “país”, thai significa “livre”, no idioma local. É até os dias de hoje um reinado.

Uma profunda cultura que de forma geral, valoriza muito a discrição e o respeito, espiritualidade, beleza e generosidade fazem deste país um destino que continua a oferecer aos viajantes experiências autênticas que permanecem na memória.

Agora com seu roteiro personalizado em mãos, veja a seguir algumas informações essenciais e as dicas importantes para que sua viagem transcorra daquele jeito que você sonhou.

 

Agora sobre o país:

Todos os anos centenas de filmes, documentários, videoclipes, programas de TV são filmados na Tailândia e você provavelmente já assistiu alguns sem saber que aqueles cenários maravilhosos fazem parte deste lindo país – A Praia com Leonardo di Caprio, 007 O amanhã nunca morre, Alexandre o Grande e muitos outros.

Outra curiosidade: a Tailândia é o maior exportador de orquídeas do mundo – em suas florestas são encontradas mais de 1500 espécies diferentes.

Geografia: o país está localizado no centro da península da Indochina, no sudeste asiático, limitado ao norte por Myanmar e Laos, a leste por Laos e Camboja, ao sul pelo Golfo da Tailândia e pela Malásia e a oeste pelo mar de Andamão (parte do Oceano Índico). A Tailândia possui 77 províncias.

Interessante: a Tailândia é o único país no sudeste asiático a nunca ter sido colonizado por uma nação europeia.

Fuso horário: + 10 horas – horário de São Paulo.

Idioma: A língua tailandesa é falada em todo o território, porém muitos Thais falam e compreendem o inglês, principalmente nas áreas turísticas. Há também línguas regionais, como no sul e no nordeste da Tailândia, entre as quais a língua Lao (a maioria da população é de ascendência Lao). No norte da Tailândia, que foi os reinos independentes de Lanna, uma forma distinta de tailandês ainda é falada pelos habitantes locais.

Interessante: a escrita tailandesa é única, difícil e de extrema beleza.

Temperatura: Clima tropical húmido e quente, com três estações distintas

  • Temporada quente: Março - Maio
  • Época de chuvas: Junho - Outubro
  • Época fresca: Novembro - Fevereiro

A temperatura média durante o ano é de cerca 28 ° C/ 30º C.

A região norte pode ser um pouco mais fria durante a estação fresca, então não se esqueça de levar uma agasalho, uma leve jaqueta, se você pretende visitar esta região em torno dessa época do ano. Durante a estação das chuvas, estas dificilmente duram mais de um par de horas.

Água: não é aconselhável beber água da torneira. Use apenas marcas confiáveis de água mineral. Desconfie do gelo, que pode vir de uma fonte questionável. O gelo servido nos hotéis e bons restaurantes é geralmente seguro. Uma garrafa de água potável é fornecida como cortesia pela maioria dos hotéis.

Dinheiro: A moeda tailandesa é o Baht. Há 100 Satang para 1 Baht. Atualmente um dólar americano equivale a mais ou menos 34,35 THB.Existem várias casas de câmbio espalhadas pelas ruas e são seguras, então não é preciso ir ao banco trocar dinheiro. Eles fazem câmbio das principais moedas do mundo.– Cartões de crédito e débito são aceitos, mas na maioria dos lugares é cobrada uma taxa de 3 a 7% para o pagamento. Ou seja, é melhor pagar em dinheiro.– Nos caixas automáticos – fora a tarifa de saque do seu banco – também é cobrada uma tarifa de 150 Baht (mais ou menos uns US$ 4,50). Quem cobra essa taxa são os bancos tailandeses. 

Eletricidade: a voltagem varia de 220 a 230V. A maioria das tomadas possuem 2 pinos, chatos ou redondos. Adquira um adaptador universal em qualquer aeroporto internacional, mas os hotéis geralmente oferecem adaptadores para seus hóspedes é só solicitar ao concierge.

Celular: antes de viajar não esqueça de contatar a sua operadora para verificar os pacotes de dados e roaming internacionais. É bem fácil comprar um Sim card (chip) e colocar crédito – você vai encontrar no aeroporto e tem muitas lojinhas que vendem.

Claro que compras não podem faltar: sem dúvida, viajar na Tailândia é emocionante - e fazer compras por lá melhor ainda, mas com tantos shopping centers, mercados e boutiques é bom saber o que fazer e não fazer, veja aqui algumas dicas - os preços variam muito – por isso sempre é esperado que os clientes negociem algum desconto. Seja amigável!

Os visitantes estrangeiros podem solicitar o reembolso no aeroporto por mercadorias compradas na Tailândia, tenha em mãos todos os seus recibos, formulários de reembolso de IVA, passaporte e bens prontos para mostrar no balcão de reembolso no aeroporto antes da sua partida (o valor total de seus bens comprados deve ser mais de 5.000 baht).

Gorjetas: Dar gorjetas não é uma prática comum na Tailândia, embora esteja se tornando mais difundida como resultado da influência estrangeira. Em hotéis e restaurantes mais finos, uma taxa de 10% é cobrada então não é necessário dar gorjeta. Quanto aos taxis, sempre arredonde o valor com 5 ou 10 Baht.

Dirigir: infelizmente carteiras de motorista estrangeiras ou internacionais não são aceitas na Tailândia, porém algumas empresas de aluguel de automóveis alugam carros para estrangeiros portadores de uma carteira acompanhada de tradução para o inglês. Entretanto, em caso de acidente, como o motorista não está com uma carteira válida, a apólice de seguro do carro não terá validade também, o motorista terá que arcar com o pagamento de despesas que podem as vezes ser bem altas – cuidado!

Tailândia Tailândia
Wat Pho - Buda reclinado Mercado de Damnoen Saduak

 

Dicas de passeios

A Tailândia é tão incrível que você vai querer voltar várias vezes - uma viagem não é o suficiente para você descobrir tantas maravilhas que esse destino oferece. Abaixo você encontrará algumas dicas.

Bangkok: possui o nome mais longo do mundo no idioma local - Krungthepmahanakhon Amonrattanakosin Mahintharayutthaya Mahadilokphop Noppharatratchathaniburirom Udomratchaniwetmahasathan Amonphimanawatansathit Sakkathattiyawitsanukamprasit. O que significa esse nome? Significa "Cidade dos Anjos, Grande Cidade dos Imortais, Cidade Magnífica das Nove Pedras Preciosas, Sede do Rei, Cidade dos Palácios Reais, Casa dos Deuses encarnados, erigida por Visvakarman em Behest de Indra".

É a maior cidade da Tailândia e um décimo da população do país mora nela!

Suvarnabhumi Airport é o aeroporto de Bangkok (BKK) tanto para voos internacionais quanto domésticos. Fica a mais ou menos uns 30km do centro da cidade, ou seja, meia hora de carro dependendo do horário em que se chega ou se sai.

Bairros: o bairro de Bangrak ao longo do Rio Chao Phraya é bem cênico, com boas opções de transporte e uma mistura de hotéis de luxo e aqui se encontra um pouco de tudo. Uma região bem segura para famílias.Siam e Pratunam estão no centro de um dos distritos comerciais mais intensos da cidade com tudo o que se possa desejar em termos de compras, desde modernos shoppings até lojas de rua.

Silom e Sathon, localizados próximos un do outro são os distritos financeiros e de negócios, muito modernos. A região oferece excelente opções de comida e transporte.

A área Banglamphu, é o centro histórico de Bangkok, próximo de muitas das principais atrações, é também lar de algumas das melhores opções de comida de rua e de mercados em toda a cidade. Não tenha medo de comer em alguma “birosquinha” a comida será sempre deliciosa!

Sukhumvit – uma das principais estradas, Sukhumvit cruza o coração de Bangkok, é onde muitos expatriados moram, negócios internacionais estão localizados e alguns restaurantes mas, não deixa de ter o toque Thai.

 

O que visitar na cidade

Bangkok tem inumeras atrações mas aqui está uma pequena lista de algumas obrigatórias.

Wat Saket: o Monte Dourado é um templo construído em uma colina artificial. (Horário de funcionamento: 09:00hr até as 17:00hr diariamente). No topo você terá uma incrível vista panorâmica da cidade e não deixe de também visitar o Templo Loha Prasat, fica no caminho.

O Grande Palácio e Wat Phra Kaew (templo do Buda Esmeralda): (Horário de funcionamento: 8:30hr até 15:30hr diariamente) é sem dúvida a atração mais popular pois são ícones da cidade. É um desses lugares que vale a pena visitar pelo menos uma vez na vida.

Wat Pho: não perca esta visita, o Templo é também conhecido como o Templo do Buda Reclinado, impressionante.

Wat Arun: faça um passeio num dos longos barcos típicos ao longo dos "klongs" (canais) de Thonburi para sentir um pouco o sabor da vida local. Pare em Wat Arun, o grande templo real do rei Rama II.

Há uma série de diferentes mercados flutuantes em torno de Bangkok, mas um dos mais interessantes e que está localizado dentro da cidade é Khlong Lat Mayom. É uma área agradável para se caminhar e você também pode até fazer um passeio de barco, o mercado é feito para os amantes de comida. Você encontrará uma variedade absurda de coisas exóticas para comer. Não deixe de provar o peixe grelhado no sal.

Também imperdível é Chinatown onde você irá experimentar um perfumado chá chinês.

Casa de Jim Thompson: esta é a casa do lendário empresário americano e fundador da mundialmente famosa Jim Thompson Thai Silk Company. Este é o primeiro museu de seda na Tailândia, onde você pode também desfrutar de um gostoso almoço tailandês. A casa consiste em um complexo de seis casas tradicionais - estruturas de teca que foram compradas de vários proprietários e trazidas de várias partes da Tailândia para o local atual. A coleção consiste em uma grande variedade de pinturas tailandesas, cerâmicas Sawankalok, porcelanas Benjarong e estátuas Khmer. 

Próximo de Bangkok: está Nakhon Pathom, uns 56km. Aqui você poderá fazer um passeio de um dia e conhecer o Phra Pathom Chedi, o primeiro marco religioso budista na Tailândia. Outra atração realmente incrível é o Templo Wat Samphram e seu dragão gigante subindo a torre alta de um edifício que fica no caminho. Sukhothai: o voo de Bangkok dura 01:15hr.

Explore algumas das famosas ruínas antigas de Sukhothai. Você vai se maravilhar com a bela arquitetura budista e hindu, a cultura local e poderá aprender um pouco sobre a história do budismo na Tailândia.Não deixe de participar de um emocionante treinamento de “mahout” no Centro de Elefantes de Lampang. O “mahout” é um companheiro de trabalho e amigo de um elefante. Aqui você não vai apenas assistir os “mahouts” reais treinando os elefantes, mas você poderá realmente desfrutar você mesmo de uma experiência de treinamento com um elefante.

Se tiver tempo pegue uma bicicleta e vá até uma pequena aldeia nos arredores de Sukhothai, Ban Kheay, passando por intermináveis ​​arrozais com belas vistas da Serra Kao Laung no Parque Nacional Ramkhamhang

Chiang Mai: é a capital da província de Chiang Mai ao norte da Tailândia. É preciso voar desde Bangkok – 01:15hr de voo.

Tem muito o que se visitar na cidade histórica de Lamphun.
Continue para Wieng Kum Kam, uma antiga cidade ao longo do Rio Ping. Explore o templo real de Wat Kanthom e o antigo templo Wat Hao Nong.

Recentemente descobriram os templos de Wat Pu Pia e Wat E Kang muito bem preservados, durante umas escavações arqueológicas na região. Termine visitando Wat Chedee Liam que é um marco importante no patrimônio arquitetônico de Chiang Mai.

Maravilhoso também é assistir a um rebanho de elefantes tomando banho de manhã em um córrego da montanha e saber como os elefantes trabalham na selva nas proximidades e que tipo de tarefas realizam.

Chiang Rai: é a maior cidade bem ao norte da Tailândia. Faz parte com Chiang Mai do “Triangulo Dourado” que engloba regiões dos três países vizinhos – Myanmar, Laos e Tailândia. Visite o templo de Wat Phra Kaew onde o Grande Buda Esmeralda foi encontrado (está atualmente no Grande Palácio em Bangkok) – é também o maior centro de estudos budistas da região.

 

Tailândia Tailândia
Vistas de Chiang Mai Vistas de Chiang Mai

 

Mae Hong Son: a melhor forma de se chegar é voar desde Chiang Mai (35 minutos).

Na cidade não deixe de visitar o colorido mercado repleto de fornecedores de produtos frescos, frutas e flores e se misturar com os moradores locais.

Outra experiência única é ver os monges envoltos em vestes amarelas aceitando os presentes dos fiéis de manhã bem cedinho.

Nesta linda região ao longo do rio Pai também está localizado o vilarejo Padaung e as famosas “mulheres girafas” com seus inúmeros anéis de latão no pescoço. Algo único no mundo.

 

Krabi: a cidade evoluiu para um “mash-up” de bares, restaurantes ocidentais, mercados repletos de especiarias e todo tipo de lojinhas encontradas em qualquer capital da Tailândia. De alguma forma essas peças se encaixam em um quebra-cabeça divertido e intrigante como pano de fundo para mangues, rio, longos barcos, montanhas irregulares de calcário e uma área ocupada do Mar de Andamão. Desde aqui é possível passar o dia em algumas lindas praias e muitas ilhas. 

Praias: você terá a sensação de estar chegando no paraíso. As opções são inúmeras e entre elas podemos citar alguns nomes bem conhecidos como Phuket, Koh Samui...

Certas coisas caracterizam bem uma praia tailandesa: águas claras, areia branca, os icônicos longos barcos que pontilham a costa. Não importa onde você vá, você sempre encontrará vendedores de comida, bebida, lembranças ou massagens.

Ilhas: a mais famosa de todas é Phi Phi, mas a costa está repleta de pequenas ilhas com praias excepcionais para a prática de vários esportes aquáticos. Ko Yao Noi, a 30 minutos de Phuket uma pequena maravilha. Também temos Ko Poda a mais ou menos uma hora de barco de Krabi. O Parque natural de Mu Ko Ang Thong e suas 40 ilhas onde é possivel a prática do snorkel; Ko Tao é outro grupo de ilhas bem conhecido na região. A lista é grande e você encontrará uma que seja perfeita para você.

 

Ficou com fome?

Seu roteiro já deve incluir os hotéis onde você irá permanecer - verifique qual é o plano de alimentação oferecido. Mas saia para a rua e escolha entre as seguintes opções para comer bem:

Bangkok

Como não mencionar a maravilhosa gastronomia tailandesa.

Bangkok é uma das cidades com o maior número de “comidas de rua” no mundo – é só chegar e começar a explorar a cidade, você vai descobrir que há uma abundância de coisas deliciosas para se comer em todos os lugares que você olhar. É uma alegria para os olhos e o paladar!

Mercado Wang Lang: fica localizado em frente ao Rio Chao Phraya, perto do Grande Palácio, é um dos destinos gastronômicos mais importantes da cidade. Durante o dia, você encontrará uma imensa variedade de comida tailandesa de todos os tipos, desde lanches à refeições completas. Não deixe de provar Somtum, a clássica salada de papaia.

Outro lugar a ser visitado é o mercado Ou Tor Kor localizado do outro lado da estrada do Mercado Chatuchak. Ou Tor Kor é repleto de frutas exóticas, verduras, legumes e também oferece uma incrível culinária local durante o ano inteiro.

A cidade também está repleta de ótimos restaurantes entre os quais destacamos o Gaggan que sempre está entre os melhores do mundo. Seu Chef Gaggan Anand é um superstar da culinária asiática (68/1 Soi Langsuan, Ploenchit Road, Lumpini).

Para dizer a verdade é possível comer bem em qualquer cidade da Tailândia e também é possível provar um prato novo a cada dia tamanha a riqueza desta culinária.

E para finalizar: não esqueça de fazer aquela massagem tailandesa especial! Em qualquer lugar você vai encontrar algum massagista maravilhoso que você vai querer levar para casa!

Crédito: IstockPhoto

Olá, deixe seu comentário para Tailândia

Enviando Comentário Fechar :/

Gostou? Vamos planejar sua viagem?

Solicite orçamento personalizado