Blog

Canadá: Riqueza cultural do Atlântico ao Pacífico

  • Compartilhe
  • Postado em 17/05/2017
  • Por Marketing TGK
  • Visto 227 vezes
Canadá: Riqueza cultural do Atlântico ao Pacífico

O Canadá é o segundo maior do país do mundo e por isso mesmo é banhado por mais de um oceano. Na verdade o país sente as águas de três oceanos, a saber: Atlântico, Pacífico e o Ártico.

O Canadá é o segundo maior do país do mundo e por isso mesmo é banhado por mais de um oceano.

Na verdade o país sente as águas de três oceanos, a saber: Atlântico, Pacífico e o Ártico. E se você pensa que o Canadá, em especial, os canadenses é um povo frio acabará se surpreendendo, pois eles são muito felizes.

Para ter ideia cerca de 55% dos canadenses se consideram felizes enquanto 32% dizem ser muito felizes.

Vale lembrar que no Canadá oficialmente são falados dois idiomas, ou seja, o inglês e o francês e isso por si só auxilia a “pesar” a sua bagagem cultural.

Para tanto, leia e se deleite com os principais atrativos turísticos do país que conhecerá a seguir. Vem comigo!

 

Explorando a Costa Oeste Canadense

Embora a palavra Canadá seja derivada do termo indígena k’anata e signifique “pequena povoação”, o país não tem nada de pequeno, pelo contrário é uma grande nação tanto em extensão territorial como em história e cultura.

Devido a sua localização, o Canadá basicamente é banhado por três oceanos, e por isso é comum encontrar vários roteiros turísticos organizados por costas, ou seja, costa oeste (Oceano Pacífico) e leste (Oceano Atlântico).

Além disso, é importante mencionar que devido ao seu tamanho, o Canadá possui oficialmente 6 fusos horários e, independente dos atrativos visitados é bom ficar atento as horas para não se confundir.

Uma das cidades canadenses mais famosas, Vancouver é um contraste, uma vez que reúne o mar e as montanhas cheias de neve. A cidade possui um bairro chinês, o Chinatown. A presença da cultura chinesa é tão forte que seus habitantes falam somente chinês!

A Capilano Suspension Bridge é um atrativo para quem não tem medo de altura, pois a ponte suspensa ultrapassa os 70 metros. A construção é datada de 1889 e atrai muitos turistas.

Em Whistler, cidade vizinha, a dica é o Rocky Mountaineer Train que nada mais é do que viajar de trem e contemplar as belas paisagens naturais.

Já em Victoria um dos passeios mais interessantes é o de ferryboat que devido ao seu luxo mais se assemelha a um navio em pleno cruzeiro turístico.

E por falar em Victoria não deixe de conhecer o Castelo de Craigdarroch que possui mobiliários dos anos 1890.

Já o museu de miniaturas (ou Miniature World) encanta crianças e adultos com suas diversas miniaturas, inclusive de personagens famosos.

Em Alberta não deixe de visitar o Banff National Park (também apelidado de “A Coroa do Continente”) que é considerado um Patrimônio da Humanidade. Lá você encontrará diversas trilhas, túneis naturais, cachoeiras e a Lake Louise que é um belo e altamente cintilante lago azulado.

E vale lembrar que nesta região você terá maior contato com as famosas Montanhas Rochosas que se estendem até os Estados Unidos.

Ah, em Alberta você encontra a bela cidade de Calgary que, entre vários atrativos, destaca-se o Heritage Park que é considerado o maior museu histórico vivo do mundo e que conta com a reprodução de uma aldeia do final do século XIX. Bom, agora é hora de partir para a costa leste!

 

Explorando a Costa Leste Canadense

Em Toronto, conheça a cidade do alto através do CN Tower que é considerada uma das maiores edificações do mundo. Destaque para o seu observatório Sky Pod que fica a 447 metros de altura.

E, em Ottawa a dica é conhecer o Parliament Buildings, as margens do rio Ottawa e que foi construído no estilo gótico. Além de ser a sede do governo é uma das atrações turísticas mais visitadas na região.

Em Quebec, o primeiro atrativo que vem a mente é o famoso Château Frontenac que é um verdadeiro cartão postal da cidade. Trata-se de um grande hotel construído em 1893 e já foi sede do governo de Quebec.

Outro importante ponto turístico é a Catedral Basílica Notre-Dame que foi construída em 1647 e é considerada uma das mais antigas da América do Norte. Procure observar com calma o interior da igreja que possui decorações em dourado e branco.

Em Montreal, uma voltinha pelo seu centro histórico Old Montreal ou Vieux-Montreal para conhecer o nascimento da cidade que preserva sua arquitetura com capricho (vale lembrar que muitas das edificações reportam ao ano de 1642).

Depois uma visita a Basílica de Notre Dame, na Place d’Armes, para ficar de boca aberta com o seu tamanho (comporta cerca de 3 mil pessoas), beleza (estilo neogótico) e história (foi erguida em 1820).

Em Mont –Tremblant você tem a oportunidade de conhecer as Montanhas Laurencianas, além dos vários resorts como é o caso do Mont-Tremblant Ski Resort ou simplesmente Tremblant.

Se em muitas cidades deste roteiro você viu edificações antigas que sobrevivem aos séculos ficará surpreso aqui, pois a cidade de Mont-Tremblant é muito jovem (foi constituída em 2000).

E para quem gosta de jogos, no resort há um cassino e dois teleféricos. Agora se o que você deseja é explorar a região que tal fazer um passeio de pedalinho no lago Lac Miroir? Dá para levar as crianças.

Não deixe de conhecer La Plage que é a praia do lago que é simplesmente encantadora e dá para fazer um piquenique bem legal.

E, para fechar, não poderia deixar de falar das famosas Cataratas do Niágara (aquela dos desenhos do Pica Pau, lembra?).

Procure fazer um passeio diurno e outro noturno, sendo que este último (Falls Illumination) é incrivelmente belo!

  

Canadá: Riqueza cultural do Atlântico ao Pacífico Canadá: Riqueza cultural do Atlântico ao Pacífico
CN Tower em Toronto Totens no Stanley Park em Vancouver

 

Últimas considerações

O Canadá é um país multicultural, pois reúne diversas culturas e povos. Oficialmente são falados dois idiomas: o francês e o inglês.

Sendo assim, é comum encontrar placas com nomes escritos nos dois idiomas. Entre um passeio histórico-cultural e outro de aventura aproveite para degustar um Cheddar que, por sinal, é o queijo mais consumido no país.

Aproveite e experimente o vinho congelado feito de uvas também congeladas e prensadas que usualmente é servido como sobremesa.

Assim como o lema canadense, aproveite cada atrativo e lugar “de um mar a outro” (A Mari Usque ad Mare) para trazer de volta uma bagagem repleta de boas experiências e doces lembranças.

Até o próximo destino aqui no Blog da TGK!!!

Crédito de vídeo: Destination Canada brand. Done in 2016.

 

Olá, deixe seu comentário para Canadá: Riqueza cultural do Atlântico ao Pacífico

Enviando Comentário Fechar :/

Gostou? Vamos planejar sua viagem?

Solicite orçamento personalizado