Blog

A floração das sakuras no Japão – Uma mágica da natureza

  • Compartilhe
  • Postado em 24/01/2017
  • Por Marketing TGK
  • Visto 381 vezes
A floração das sakuras no Japão – Uma mágica da natureza

QUANDO A PRIMAVERA COMEÇA no Japão, as paisagens invernais dão lugar ao espetáculo das sakuras, as flores da cerejeira. Elas começam a desabrochar no sul do país e avançam em direção ao norte como uma “onda” primaveril que anuncia a hora de abandonar os cobertores e sair para contemplar a paisagem.

O “fenômeno” é chamado de “Sakura Zansen” e atrai milhares de turistas que desejam acompanhar a mudança da estação no Japão e apreciar a delicadeza dessas flores singulares.  Os roteiros incluem passar tardes inteiras caminhando pelos bosques de cerejeiras, fazer piqueniques, navegar pelos rios e participar dos “Hanamis”− festivais criados especialmente para comemorar a floração.

Se você sempre sonhou em ver de perto essa magia da natureza, acompanhe as próximas informações com curiosidades e dicas de viagem:

Lendas sobre a sakura

A tradição japonesa possui alguns contos mitológicos para explicar a origem das sakuras. O mais famoso diz que uma princesa chamada Konohama Sakuya Hime caiu dos céus e após aterrissar nas proximidades do Monte Fuji se transformou na flor. O nome “sakura” seria portanto uma derivação de “Sakuya”, que significa “a princesa das árvores das flores abertas”.

Outra versão afirma que o nome é uma homenagem à divindade “Sá” que representa o cultivo de arroz – alimento sagrado para os japoneses. A segunda parte da palavra “kura”, que significa “morada”, completa o sentido do nome como “morada de Sá”.

Viajando para o Japão para presenciar as sakuras

A floração da cerejeira dura de 10 a 15 dias e ocorre entre março e abril, sendo que em cada cidade ela se inicia em uma semana diferente. Por isso, para contemplar ao máximo a beleza das sakuras, é fundamental fazer uma viagem planejada conforme os boletins da Agência Meteorológica Japonesa, que sempre indica as datas de início e pico da floração em cada cidade.

Ao todo são mais de 200 espécies com características únicas de pétalas e coloração, variando entre branco, rosa suave e subtons de rosa avermelhado. Essa delicada diversidade de cores pode ser presenciada em margens de rios, parques naturais, santuários e também em regiões montanhosas onde se tem uma vista panorâmica de várias cerejeiras.

Na província de Nara, por exemplo, o Monte Yoshino reserva uma paisagem fascinante com aproximadamente 30 mil cerejeiras, sendo um dos destinos mais visitados em meados de abril.  Já na província de Aomori o local mais procurado é o Castelo de Hirosaki, que além de ter uma arquitetura encantadora, é totalmente rodeado pelas árvores de sakuras.

Em Osaka, é possível ver mais de 100 espécies em um único lugar: a Casa da Moeda.   O local é um dos mais visitados inclusive à noite, quando luzes especiais se acendem para recepcionar centenas de pessoas que preferem apreciar a floração junto às estrelas.

A capital Tóquio também reserva muitos lugares para admirar as belas flores, sendo o Parque Ueno Kōen um dos mais populares. Suas 1.200 cerejeiras formam um túnel com seus galhos, convidando os turistas a longos passeios e pausas para piqueniques com saquês, cervejas e quitutes típicos como oniguiris e sushis.

Lembre-se de que é essencial fazer as reservas de hospedagem com a máxima antecedência, já que a floração das cerejeiras provoca um intenso movimento turístico e a rápida lotação dos melhores hotéis. Para garantir que a sua viagem seja perfeita, consulte nossa equipe.

Olá, deixe seu comentário para A floração das sakuras no Japão – Uma mágica da natureza

Enviando Comentário Fechar :/

Gostou? Vamos planejar sua viagem?

Solicite orçamento personalizado