Blog

Confira as Novidades do Blog

O contraste da Tradição com a Modernidade Chinesa

  • Compartilhe
  • Postado em 18/02/2019
  • Por Marketing TGK
  • Visto 362 vezes
O contraste da Tradição com a Modernidade Chinesa

Modernidade Chinesa, China, Pequim, Cidade Proibida, Shanghai, Guerreiros de Xian As imensas paisagens chinesas parecem ter saído de uma obra de arte, principalmente a de seus parques, como por exemplo, o Parque Nacional Florestal Zhangjiajie que serviu de referência para o filme Avatar.

Um breve tour

 

As imensas paisagens chinesas parecem ter saído de uma obra de arte, principalmente a de seus parques, como por exemplo, o Parque Nacional Florestal Zhangjiajie que serviu de referência para o filme Avatar, mas não se esqueça do seu grande legado para a humanidade, como a bússola, o macarrão, o papel, entre outras maravilhas.

 

O país caminha a passos largos rumo ao futuro. Pequim, por exemplo, possui áreas ultramodernas, como o Parque Olímpico, com arquitetura clássica dos hutongs e a esplêndida Cidade Proibida.

 

Um pouco mais afastado da cidade irá encontrar os caminhos da Grande Muralha, obra do monarca Qin Shi Huang. A tumba do famoso monarca está em Xi’an, protegida pelo exército de terracota, ainda, é possível ver nesta região, a Cidade Murada, as Torres do Tambor e templos memoráveis.

 

No sul do país possui as encantadoras montanhas de Karst que estão situadas na região de Guilin, uma verdadeira obra de arte a céu aberto, que sem dúvida é inspiradora.

 

Já em Xangai é possível ver bem o contraste da tradição com a modernidade chinesa, no histórico Bund.

 

A cidade de Hong Kong é outro destino que tem muito pra te oferecer, cenário de inúmeros filmes de Kung-Fu, por lá o que não faltam são atrações e é, também, onde poderá saborear pratos magníficos da cozinha cantonesa, como os deliciosos dim-sums.

 

Idioma

 

O idioma oficial é o mandarim, porém, em algumas cidades falam outros dialetos. Em Hong Kong, por exemplo, é o cantonês. Já o inglês as pessoas quase não entendem, sendo apenas nos estabelecimentos preparados para o turismo que você não vai encontrar dificuldade para se comunicar.

 

Moeda

 

A moeda oficial é o Yuan (¥) ou Chinese Yuan (CNY). As pessoas também costumam usar a denominação Renminbi (RMB), que significa ‘dinheiro do povo’.  No comércio de rua você ainda pode ouvir kuài. Não se assuste, pois é tudo a mesma coisa, são apenas formas diferentes de falar.

 

E atenção, apesar de ser a moeda utilizada no continente, ela não é aceita nas cidades de Hong Kong e Macau, onde a moeda oficial é o Dólar de Hong Kong.

 

 

- Culinária mundialmente famosa

 

Com uma cozinha exótica e muito conhecida em todo o mundo, a principal característica contida é o contraste das cores, aromas e sabores, os chineses adoram misturar pratos doces e salgados, picantes e agridoces, quentes e frios. Em Pequim, você vai perceber que os principais pratos são à base de massas e frituras, como o talharim, pastéis, bolinhos de carne, entre outras receitas. Na região sul do país irá encontrar algumas iguarias como, barbatanas de tubarão, cobras, escorpiões e gafanhotos.

Três cidades que não podem deixar de serem destacadas:

 

PEQUIM

 

Sob as muralhas da Cidade Proibida repousa um famoso retrato de Mao Tsé-tung, o lugar é impressionante e possui muitos palácios, jardins e portões, sem dúvida, esse será o ponto de partida para explorar Pequim.

 

Na entrada da Cidade Proibida, a Praça da Paz Celestial, também conhecida como o coração do país, te aguarda com sua grandiosidade, um fato muito emblemático da cidade é a imagem de um homem com sacolas nas mãos, impedindo que os tanques de guerra passassem.

 

Uma experiência que vale a pena viver é visitar os tradicionais hutongs que estão no em torno da Cidade Proibida.

 

Outra jóia arquitetônica é o Palácio de Verão, com seus belíssimos lagos e edifícios, ou o harmonioso Templo do Céu. Mas nem só do passado vive está cidade, reforçando o contraste da tradição com a modernidade chinesa, tem o parque olímpico que é possível admirar grandes obras arquitetônicas, como o estádio Ninho de Pássaro.

 

Viva a experiência de assistir a um espetáculo da Ópera de Pequim ou uma apresentação do Circo Imperial, um dos maiores símbolos da China e do mundo, e uma atração imperdível é conhecer a Grande Muralha que vão de ruínas originais a seções totalmente reconstruídas. Além de ser considerado um Patrimônio Mundial pela UNESCO, ela é uma das sete maravilhas do mundo moderno.

 

Para finalizar, visite também as tumbas das dinastias Ming e Qing.

 

O contraste da Tradição com a Modernidade Chinesa    O contraste da Tradição com a Modernidade Chinesa

 

SHANGHAI

 

Por um bom tempo, Shanghai foi a mais cosmopolita cidade chinesa, hoje, tem uma face bem ocidental, devido aos seus edifícios em art déco e em estilo francês no Bund, a região é repleta de atrações que encantam pessoas de todos os lugares.

 

Comece a descobrir essa maravilhosa cidade conhecendo a Pearl Tower, uma torre de televisão localizada em Pudong, às margens do rio Huangpu. Em seguida, vá para a Shanghai World Financial Center, que oferece uma das mais belas vistas panorâmicas. O edifício ainda é repleto de lojas e restaurantes.

 

Sempre cheio de turistas o The Bund te recompensa com uma vista de tirar o fôlego de Shanghai.

 

Ainda, é possível caminhar na beira do rio e contemplar a diferença de um país que está em pleno desenvolvimento. De um lado você vai enxergar a modernidade que é traduzida através dos seus arranha-céus, e do outro, o nostálgico, com mais de 50 construções clássicas dos mais variados estilos, como as góticas, neoclássicas, barrocas e de art déco, reforçando o contraste da tradição com a modernidade chinesa.

 

Se perca no belo bairro de French Concession, existem muitas opções de restaurantes, cafeterias, bares, galerias de arte, boutiques e lojas de antiguidades. Você vai adorar realizar uma caminhada.

 

Aproveite também para fazer um tour gastronômico, conheça também, a sensacional Shanghai Disney Resort. Você ficará completamente encantado!

 

O contraste da Tradição com a Modernidade Chinesa    O contraste da Tradição com a Modernidade Chinesa

 

HONG KONG

 

Pela falta de espaço e devido a superpopulação de mais de 7 milhões de pessoas, Hong Kong cresceu na vertical, o que é notável na quantidade de edifícios.

 

Tenha uma das melhores experiências da sua vida visitando o Buda Gigante em Lantau Island e conheça o exuberante templo Man Mo.

 

Em Kowloon, impressione-se com a coleção de obras de arte no Museu de Arte de Hong Kong, à beira do Victoria Harbour. Tire uma foto com a estátua do Bruce Lee, prepare-se para subir a bordo do famoso Star Ferry, e vá para o distrito central da Ilha, onde você pode utilizar o mais extenso sistema de escadas rolantes do mundo até os requintados bares e restaurantes de Soho. Festeje até o amanhecer no animado distrito de Lan Kwai Fong.

 

Para quem ama arranha-céus, a vista de 360º que o Sky 100 proporciona é fascinante, sem falar que ele chega ao 100º andar em 60 segundos.

 

Aproveite e leve toda a sua família para curtir um dia na Hong Kong Disneyland. Há ainda, lugares distantes dos néons e da agitação, e um deles é Repulse Bay. A cidade também reserva alguns dos melhores centros de compras do continente, como as agitadas feiras livres de Mong Kok,Ladie’s Market, que, apesar do nome, vende produtos para todos os tipos de público. Além dos shoppings repletos de marcas famosas.

 

O contraste da Tradição com a Modernidade Chinesa    O contraste da Tradição com a Modernidade Chinesa

 

- Ano novo chinês

 

Para a maioria das nações, o ano novo é comemorado na virada do dia 31 de dezembro para o dia 01 de janeiro, segundo o calendário gregoriano. Já na China, o ano novo é comemorado segundo o calendário lunar e, geralmente, comemora-se no final de janeiro ou de fevereiro, já que varia a cada ano.

 

A celebração dura 15 dias e nesse período são seguidos inúmeros rituais e tradições. Tradicionalmente, no primeiro dia do ano, as pessoas dedicam-se a visitar parentes e amigos, e no último, acontece a famosa Festa das Lanternas que a cada ano é dedicado a um animal do horóscopo chinês.

 

- Curiosidades simbólicas

 

Os chineses também têm bastante superstição quanto aos números, o número 4 é tão temido, que em algumas construções não existe o 4º andar, enquanto o número 8 é disputadíssimo por representar sorte e prosperidade, seja em imóveis, placas de carro ou números de telefone. Em relação a cores, o vermelho significa fortuna alegria e calor, já o amarelo simboliza a boa sorte, e é uma das cores imperiais, enquanto que o verde representa a infidelidade.

Depois de todas essas dicas, você já está pronto para embarcar nessa viagem inesquecível!

Conheça nossos roteiros para China: https://www.tgkturismo.com.br/pacotes/asia/china

A TGK te leva!

Olá, deixe seu comentário para O contraste da Tradição com a Modernidade Chinesa

Enviando Comentário Fechar :/

Gostou? Vamos planejar sua viagem?

Solicite orçamento personalizado